Nossa comunidade AWS participou do TDC Floripa.

Participando e realizando Palestra na trilha de Cloud Computing na Sala da #Intel com os serviços da #Amazon GameLift e #Lumberyard engine para a comunidade dev de Florianópolis – SC.

Sobre todo o TDC Floripa
Diversas trilhas dos mais variados temas com os mais diversos sotaques de todo o país. Conteúdo de qualidade, nível altíssimo! Diversas novas amizades , diversos novos projetos… Em todos os momentos senti fazer parte de algo tão grandioso que a cada ano Cresce e Fortalece a comunidade, o setor de TI segue firme, e nós do mercado de games fizemos história com todos os games que lá foram expostos e com as palestras técnicas que foram oferecidas!

Obrigado time TDC – The Developers Conference Florianópolis 2017, ao parceiro e amigo Luciano Borgetti que tão bem coordenou a Trilha de Cloud Computer e aos colegas Jomar Silva da Intel que trouxe toda a trilha de Games com o apoio da Intel e com coordenação do mestre Maurício Tadeu Alegre, o Malegra. Foi top! A Comunidade Game Dev só teve a ganhar e agradece!


Please follow and like us:
0
Posted in Amazon Game Studios, Amazon Lumberyard, AWS, Cloud Gems, GameLift, Games, Gamificação, Jogos Digitais, Startups, TI e Game Design | Leave a comment

Amazon Game Dev chegando com palestras técnicas junto a comunidade Game Dev.

Olá Pessoal,
Tudo bem com vocês?
Esta semana, mais precisamente no dia 16/03 as 19hs estarei fazendo uma super palestra sobre desenvolvimento de Games na Lumberyard, engine da Amazon, e além disso eu e meu parceiro Paulo Dalmas, estaremos também falando sobre a AWS GameLift, e é claro sobre o projeto da AWS Educate e por fim iremos dar uma passada pela parte de monetizações de projetos e negócios em jogos digitais e aplicativos com suporte da AWS.
Essa palestra Técnica é a primeira de muitas deste mini Roadshow que estamos iniciando por aqui na região sul do Brasil. Devido a demanda da comunidade desenvolvedora do pais, estamos nos organizando para chegarmos a outros estados levando a Lumberyard engine.
Aproveito para convidar vocês para participarem da nossa Comunidade Amazon Game Dev Brasil utilizando nossos canais abaixo:
Facebook Oficial
 Meetup Oficial
 Youtube Oficial
– Twitter Oficial
– Website

Para se inscrever na Palestra, clique aqui!!

Nos encontramos por ai, e até breve!

Please follow and like us:
0
Posted in Amazon Game Studios, Amazon Lumberyard, AWS, Cloud Gems, GameLift | Leave a comment

Prêmio Amazon Lumberyard engine 2017.

Reconhecido pela empresa mais inovadora do mundo, Amazon Lumberyard com o “Prêmio Golden Buzz Saw” e agora evangelista para comunidades games devs e universidades do Brasil.

Please follow and like us:
0
Posted in Amazon Game Studios, Amazon Lumberyard, AWS, GameLift, Jogos Digitais | Leave a comment

Amazon Lumberyard 1.8

Amazon Lumberyard libera versão 1.8 com novidades!
Uma nova versão do motor de jogo Amazon Lumberyard está agora disponível para os desenvolvedores. A versão 1.8 acrescenta uma nova estrutura para facilitar a adição de novos conteúdos ou a disponibilização de estatísticas e mensagens atualizadas aos jogos online. A Amazon também anunciou um novo recurso para seu serviço GameLift, que poderia atrair mais estúdios para os serviços da empresa.

O recurso mais notável na versão 1.8 do Lumberyard é chamado Cloud Gems Framework. Como o nome sugere, ele se concentra em serviços baseados na nuvem. A Amazon acredita que a nuvem se tornará ainda mais integral não apenas para as experiências dos jogadores, mas também para os desenvolvedores.

Em outras palavras, o Cloud Gems Framework tornará a adição de novos conteúdos, recursos multiplayer e mensagens tão fácil que apenas uma pessoa terá que trabalhar em empurrar novos conteúdos para o jogo, ao invés de dedicar toda uma equipe de engenheiros à mesma tarefa. Dependendo do tipo de conteúdo sendo empurrado para fora, o processo pode levar apenas 30 minutos. Isso economiza tempo e, mais importante, dinheiro.
A estrutura em si é composta de dois elementos menores. A primeira parte é o Cloud Gems Portal, um aplicativo da web que gerencia uma série de recursos baseados em nuvem de jogos. Isso inclui programar mensagens específicas para os jogadores ou o lançamento de novos conteúdos. A segunda parte, maior do quadro são as Cloud Gems si. Estes são vários pacotes de recursos e funções que os desenvolvedores podem usar para criar novos conteúdos na nuvem e, em seguida, adicioná-los ao seu jogo. Três exemplos de pacotes Cloud Gem estão esperando na estrutura para quem atualiza para o Lumberyard 1.8. Estes incluem a capacidade de adicionar tabelas de classificação, implementar mensagens do dia e criar um sistema que lhe permitirá adicionar continuamente conteúdo a um jogo existente. Estas não são as únicas Cloud Gems disponíveis para desenvolvedores. A Amazon está trabalhando para adicionar mais pacotes no futuro, e os desenvolvedores também podem informar à empresa quais Cloud Gems gostariam de ver escrevendo nos fóruns do Lumberyard.

Além do lançamento da versão 1.8, a empresa também adicionou nova funcionalidade ao seu serviço GameLift, que pode adicionar ou subtrair o número de servidores necessários para um jogo, dependendo do número de jogadores online. Inicialmente, isso só estava disponível para aqueles que usam Lumberyard, mas agora ele pode ser usado com qualquer jogo que também utiliza programação C ++ ou C #, o que significa que qualquer jogo pode usá-lo independentemente do motor usado. (Você ainda precisará implementar o GameLift SDK em seu jogo antes de utilizar o serviço). Também há uma melhoria nas funções de matchmaking do GameLift que lhe permitirá detectar e selecionar automaticamente o servidor Amazon Web Services com a menor latência e usá-lo para uma sessão de jogo.

Se Você está interessado em saber mais e usar a Lumberyard em seus projetos de Games, venha fazer parte da nossa Comunidade Lumberyard Brasil no Facebook e nos demais canais abaixo:

Please follow and like us:
0
Posted in Amazon Game Studios, Amazon Lumberyard, Cloud Gems, Engines, GameLift, Jogos Digitais, Startups, TI e Game Design | Leave a comment

Lançamento acelerado com o Amazon GameLift (Estudo de caso de cliente)

Fundado em 2012 por cinco veteranos da indústria de jogos, o Proletariat, com sede em Boston, é uma empresa de jogos independentes focada na construção de experiências multiplayer inovadoras. Eles são os mentores por trás do premiado World Zombination, um enorme jogo on-line onde os jogadores trabalham em conjunto para criar estratégias com exércitos de zumbis ou seres humanos para atacar e defender as cidades. Seu mais novo jogo para vários jogadores, o Streamline, foi criado para a interação do público-alvo e permite que as emissoras de streaming e os espectadores alterem as regras de jogo em tempo real durante uma partida.

O desafio 

O time de desenvolvimento da empresa
anunciou a Streamline na GDC 2016 em março e tinha planejado desvendar seu beta em setembro no TwitchCon 2016, o principal evento para streamers de jogos. Mas, quando a Amazon se aproximou deles com a oportunidade de ser incluída no lançamento público do Twitch Prime no TwitchCon 2016, o Proletariat decidiu acelerar seu desenvolvimento para tornar o Streamline disponível para todos jogarem. O Proletariado estava animado, mas preocupado com o fato de que sua solução de servidor de jogos customizada já era muito demorada para gerenciar e não possuía a funcionalidade necessária para suportar a demanda crescente dos jogadores.

A solução de nuvem personalizada da Proletariat foi construída em torno do AWS Elastic Container Service (ECS), um serviço de gerenciamento de contêineres que facilita o gerenciamento de aplicativos em instâncias do AWS EC2. Eles operavam manualmente as funcionalidades básicas do servidor de jogos, como executar verificações de integridade do servidor e conectar os jogadores aos servidores de jogos disponíveis. Esses processos funcionavam para a carga de seus jogadores, mas seriam muito demorados para gerenciar uma vez que a Streamline se tornasse publicamente disponível. Sua solução de nuvem personalizada também não conseguia identificar quais servidores de jogos tinham sessões de jogos ativas. Isso significava que, embora estivessem escalando manualmente a capacidade do servidor, eles poderiam acidentalmente reduzir uma sessão de jogo ativa e desconectar os jogadores do Streamline. Também foi difícil simplificar os testes porque eles não poderiam executar vários processos de servidor de jogo em uma única instância do EC2. Cada servidor de jogos precisava de uma porta pública exclusiva, mas a equipe não conseguiu recuperar o número da porta pública de dentro do seu contêiner.

“Para a equipe da Proletariat Inc., a escolha foi bastante simples – contratar uma equipe de engenheiros para passar meses construindo nossa infraestrutura de nuvem, ou implantar com o Amazon GameLift em poucos minutos”, disse Seth Sivak, CEO da Proletariat Inc.

A implementação

A Proletariat baixou o SDK do Amazon GameLift Server para C ++, integrou-o à sua compilação do servidor de jogos Unreal Engine e carregou o servidor de jogos para o Amazon GameLift. Para alojar seu servidor de jogo Unreal Engine, o Proletariado precisava decidir qual dos 5 tipos de instância do Amazon GameLift seria melhor atender às suas necessidades. “Sendo um jogo em tempo real, precisávamos de instâncias Amazon GameLift optimizadas para a rede, por isso escolhemos c4.xlarge.gamelift para a nossa frota”, disse Cauê Waneck, Engenheiro Líder da Streamline. “O Amazon GameLift nos permite definir nossa configuração de tempo de execução para suportar quatro servidores de jogos em cada instância, o que é perfeito porque nossos servidores são de thread único. Isso nos permite aproveitar um processo de servidor de jogos por vCPU, o que simplifica muito nossos processos de teste e iteração. ”

A Proletariat usou o AWS JavaScript SDK com o Amazon GameLift para gerenciar a criação de novas sessões de jogos entre seu sistema de matchmaking Node.js customizado e seus servidores de jogos C ++ no Amazon GameLift. Eles também usaram dados de sessão de jogos específicos para encontrar servidores de jogos com capacidade disponível para partidas rápidas. Esses dados ajudaram a classificar se um servidor deveria aceitar novos jogadores e identificar quais sessões de jogo tinham slots de player disponíveis. “O Amazon GameLift tornou tão fácil para nós combinar grandes volumes de jogadores e reduzir o tempo de espera. Amazon GameLift é super fácil de implementar e funciona muito bem “, disse Waneck. “Ele também nos ajudou a dar aos nossos jogadores a capacidade de hospedar jogos de jogos personalizados, porque poderíamos associar uma sessão de jogo com um líder do partido. ”

A equipe também ativou a proteção de sessão de jogos integrada do Amazon GameLift para evitar que instâncias com jogos ativos diminuíssem e levassem os jogadores offline. “O Amazon GameLift é como uma apólice de seguro – isso nos deu tranqüilidade sobre a escalabilidade do servidor, especialmente no lançamento”, disse Waneck. “Foi fácil de configurar e monitorar usando o console Amazon GameLift. Também podemos ativar facilmente a escala automática do servidor quando precisamos disso também. ”

A AWS Command Line Interface (CLI) com o Amazon GameLift tornou mais fácil lançar novas frotas e reutilizar comandos ao implementar a lógica no sistema de construção do Proletariado. Durante a implantação das atualizações do cliente do jogo, o Proletariado usou o sim. O Proletariado queria continuar usando a comprovada infraestrutura da AWS para hospedar seus servidores de jogos, mas levaria milhares de horas para construir a funcionalidade de que precisavam. Com o TwitchCon 2016 se aproximando rapidamente, o Proletariado foi introduzido no Amazon GameLift; Um serviço gerenciado AWS que simplifica a hospedagem de servidores de jogos e escala a capacidade do servidor em minutos.

Fonte:
Documentação técnica da AWS GameLift – Tradução simultânea.

Please follow and like us:
0
Posted in Amazon Game Studios, Amazon Lumberyard, AWS, Engines, GameLift | Comentários fechados em Lançamento acelerado com o Amazon GameLift (Estudo de caso de cliente)

A importância das game jams para o mercado de desenvolvimento de jogos.

A dias atrás tive a oportunidade de conferir e participar da Global Game Jam 2017, onde em cada um dos três dias, estive acompanhando as atividades em 3 cidades diferentes onde também realizei palestras em desenvolvimento com a Lumberyard Engine e Amazon Game Lift ambos da AWS, e com base em uma análise minuciosa que fiz ao perceber a dimensão das game jams, compartilho com vocês minhas considerações sobre a importância destas  no cenário desenvolvedor de games.

O Global Game Jam é o maior evento de desenvolvimento de jogos do mundo, é gratuito e aberto para toda a sociedade e simultaneamente em mais de 70 países, inspirando vários desenvolvedores de todo o planeta a trazer incríveis criações à vida. Geralmente o Global Game Jam sempre ocorre no mês de Janeiro e o considero um excelente evento para você iniciar o ano participando, criando networks, aprendendo e produzindo seu jogo, ou melhor o seu protótipo nas 48 horas do evento. Sem dúvida é uma oportunidade ímpar na vida de quem já está no mercado e de quem está entrando, seja você estudante ou não.

Durante o resto do ano, várias outras  Game Jams e Play Testes são realizados pelas IGDAS, Studios desenvolvedores, Comunidades indies e até pelas instituições de ensino que oferecem formações na área de Jogos Digitais.

O fato de as game jams terem prazos pequenos de tempo e pouco investimento financeiro a cada projeto evita que os interessados se desanimem facilmente. As Game jams possuem grande valor profissional que ajuda os desenvolvedores a melhorarem suas tomadas de decisões, sua autoconfiança, e fomenta o trabalho em equipe.

Seja você um programador, design, ilustrador, modelador 3D, músico, roteirista, business, não importa a sua área, o importante é você somar forças com a sua expertise e assim contribuir com a criação de novos games para o publico que só aumente e que está cada vez mais exigente por bons jogos.  Obrigado pela leitura e até a próxima!

Please follow and like us:
0
Posted in empreender, Game Jams, Games, Jogos Digitais | Comentários fechados em A importância das game jams para o mercado de desenvolvimento de jogos.

Carreiras profissionais no mercado de e-Sports

Neste mundo dos esportes eletrônicos, há espaço também para atuar nas próprias produtoras de games, é ai que entra o Gerente de comunidades, este é responsável por transmitir as mensagens da empresa para os jogadores e levar a voz da comunidade diretamente aos desenvolvedores. Também modera o fórum, atua nas redes sociais e participa de atividades com os jogadores, tanto online como presencialmente.

Treinador: As equipe profissionais de esportes eletrônicos cada vez mais buscam treinadores para auxiliarem nos treinamentos e até na mediação da convivência entre os cyber-atletas. No League of Legends, por exemplo, os times participantes do Campeonato Brasileiro (CBLoL) foram obrigados a ter um coach na temporada 2016.

Manager: Ser um manager de uma equipe de alto nível é uma profissão que requer muita atenção e dedicação, pois tem a missão de não deixar faltar nada aos jogadores e fazer com que eles se sintam sempre à vontade para jogar, e focar somente nisso. Organiza-se os horários, as agendas de entrevistas, as gravações, treinos, viagens…

Dono de organização:  Quem se desejar entrar no cenário de esportes eletrônicos e tem dinheiro para investir, a opção mais ousada é a criação de própria organização, porém é preciso um certo valor de dinheiro inicialmente para investir, mas que isso não é o que vai fazer uma organização ter sucesso.Além do dinheiro é necessário planejamento, trabalho em equipe, foco.

Social media e produtor de vídeo: A exposição visual hoje no mercado de E-sport é o que ajuda as equipes a terem visibilidade e, com isso, conseguirem mais torcedores. Por isso, as organizações têm investido alto em profissionais para a produção de vídeos e fotos. Esse conteúdo é postado nas redes sociais das equipes, além de ser veiculado em propagandas, eventos e feiras gamers.

Para aqueles interessados em ser o chamado social media, recomendo estudar e ter conhecimento de publicidade e marketing, até porque o profissional precisa vender a imagem da organização para conquistar novos fãs. Porém, acima de tudo, é fundamental gostar de esportes eletrônicos.

Jornalista: Para quem gosta de escrever, tem um bom português, e  é antenado em tudo que acontece nos cenários nacional e internacional, uma boa opção de trabalho na área de esportes eletrônicos é ser repórter, redator ou editor de um site especializado. Há demanda no mercado. Ter o curso de jornalismo em andamento dará uma boa base das responsabilidades da profissão. O jornalista é aquele que reporta os acontecimentos com isenção, imparcialidade e correção.

Bem, espero que vocês tenham gostado deste post, o último de 2016! Até 2017 galera 😉

Please follow and like us:
0
Posted in eSports, Games, Jogos Digitais | Leave a comment

Final da minha apresentação no AWS Experience Florianópolis 2016 – Lumberyard e Amazon GameLift.


Please follow and like us:
0
Posted in Amazon Game Studios, Amazon Lumberyard, AWS | Leave a comment

eSports continuará crescendo em 2017.

e1

O faturamento anual do mercado de eSports é de aproximadamente US$ 400 milhões, informações segundo a Newzoo, uma das principais condutoras de pesquisas sobre a indústria dos games no Mundo. A empresa divulgou um relatório recentemente mostrando que, em um cenário bastante “conservador”, essa receita mais que dobrará, chegando a US$ 465 milhões anuais até 2017. Os dados fazem parte do relatório chamado “The Global Growth of Esports: Trends, Revenues and Audience Towards 2017″, segundo o qual as competições profissionais de games terão tantos espectadores quanto ligas esportivas americanas, como a NFL.

Vamos aos números da pesquisa
Apesar de ter comparado a atividade esportiva profissional as atividades  eSports em vários pontos, a pesquisa da Newzoo aponta que o fluxo de capital ainda é diverso, embora isso deva mudar. Enquanto nos eSports a maior parte da renda venha de vendas de jogos e produtos relacionados a eles, nos esportes tradicionais quase 60% vem da venda dos direitos de mídia e de patrocínios. Os números também são bem diferentes – os esportes faturam US$ 124 bilhões no ano, mais que toda a indústria de games (US$ 107 bilhões).

e2

Além disso, existe uma grande diferença no dinheiro gasto pelos fãs. O relatório mostrou que cada espectador de eSports contribuiu com US$ 2,20 durante todo o ano para esse montante, enquanto o fã de esportes tradicionais gastou uma média de US$ 20 durante o ano.

e3

A Newzoo nota que os eSports devem se aproximar dos esportes tradicionais em número de fãs e espectadores, não em renda. Ainda assim, as diferenças também diminuem nesse âmbito, uma vez que equipes e empresas de eSports têm se profissionalizado e buscado modelos de negócios próximos do futebol e de outras modalidades, como patrocínios e contratos de “celebridades” e grandes “atletas”. Vale lembrar que a ESPN, o mais conhecido canal esportivo do mundo, transmitiu em julho de 2014 o International 4, um dos mais importantes eventos de Dota 2, e, devido aos resultados, planeja expandir sua cobertura de eSports como fez neste ano de 2016, assim como também fizeram os canais Esporte Interativo e Sport TV aqui no Brasil.

Please follow and like us:
0
Posted in eSports | Comentários fechados em eSports continuará crescendo em 2017.

A poderosa engine para games 3D gratuita da Amazon: Lumberyard

a1

A engine Amazon Lumberyard é um mecanismo que oferece uma combinação de tecnologia de desenvolvimento com recursos avançados, integração nativa à Nuvem AWS para facilitar a criação de jogos em tempo real e multijogador, além da integração nativa de recursos do Twitch que ajudam você a conectar jogos à maior plataforma social de vídeo e comunidade do mundo para jogadores.

Crie jogos da mais alta qualidade

a3Com o Amazon Lumberyard você também pode criar jogos avançados e envolventes com o mais alto nível de qualidade por meio do seu conjunto de ferramentas abrangente e comprovado, além de obter um desempenho de runtime que foi drasticamente otimizado durante vários anos. Com o Lumberyard, você obtém um editor com recursos completos, desempenho de código nativo, visuais deslumbrantes e centenas de outros recursos, como redes com ótima execução, editores de personagens e animação, editor de partículas, física Cloth, editor de IU, ferramentas de áudio, efeitos climáticos, algoritmo de flocking, manuseio de percepção, enquadramentos de câmera, busca de caminhos (pathfinding) e mais. Você também obtém acesso total ao código-fonte do Amazon Lumberyard, o que facilita a personalização da tecnologia para criar uma jogabilidade diferenciada.

VR de alto desempenho

Falando de Realidade Virtual, o Lumberyard simplifica o desenvolvimento de experiências de realidade virtual e tem compatibilidade integrada com o Oculus Rift e o HTC Vive, basta ativar o Modular Gem do dispositivo que você deseja utilizar e começar a criar. Faça iterações rapidamente no seu trabalho usando o modo de visualização de VR e adicione compatibilidade com qualquer capacete de realidade virtual (HMD) ao implementar uma única classe C++.

a2

Gratuito, com fonte completa

Esta engine pode ser baixada gratuitamente no site da AWS e ela inclui a fonte completa do código, o que permite personalização completa do Lumberyard de acordo com a sua equipe e a sua visão dos projetos atuais e futuros. Não há taxas de assento, taxas de assinatura ou necessidade de compartilhar receita. Você paga apenas pelos serviços da AWS que usar.

a3

Se você achou interessante, ou ficou curioso para conhecer a Lumberyard, o download oficial gratuito pode ser baixado direto no site da Amazon, acessando aqui!

Um abraço!

Please follow and like us:
0
Posted in Amazon Game Studios, Amazon Lumberyard, AWS, Engines, Games, Jogos Digitais, Startups, TI e Game Design | Comentários fechados em A poderosa engine para games 3D gratuita da Amazon: Lumberyard
Follow by Email
Facebook
Facebook
Google+
Google+
http://julianocristian.com.br/blog/
YouTube
LinkedIn